Café qual brasileiro não gosta

Café qual brasileiro não gosta, conheça alguns dos seus efeitos no organismo

Café qual brasileiro não gosta, conheça alguns dos seus efeitos no organismo. Se o planeta está ficando sem combustível, pelo menos ainda temos café. Os brasileiros tomam em média 400 milhões de xícaras de café por dia, isso sem analisar os chás, energéticos, refrigerantes e outras bebidas.

A cafeína é o psicoativo mais usado no planeta e milhões de pessoas precisam dela todos os dias para despertar e trabalhar ou unicamente para viver. As pessoas ficaram tão habituadas com a ideia de café e chá como uma merenda eventual que já é habitual acusar a baixa produtividade pela ausência de café pelo menos três vezes por dia.

Como se percebe, a cafeína pode trazer algumas mudanças bem significativas em seu frágil organismo. Conheça alguns:

Quando você acorda

Café qual brasileiro não gosta

Seu cérebro produz uma molécula que chama adenosina, que se conecta a receptores em seu cérebro e suaviza a agilidade neural: é um método adequado que lhe ajuda a dormir à noite, mas as vezes faz você sentir sonolência durante o dia.

Porque você toma café de manhã, a cafeína é velozmente absorvida pelo sangue traçando seu caminho para o cérebro.

Lá, ela se acomoda como um hóspede tranquilo e se coloca na poltrona da adenosina. Mas se a adenosina te deixa cansado, a cafeína é o oposto, e por isso cada receptor cerebral que se conecta com a cafeína não se cansará.

O café não afasta o sono ou a canseira caso a adenosina já esteja ativa, mas pode atrasar seus efeitos.

Você vai ao banheiro

Café qual brasileiro não gosta

A cafeína atinge os nervos, aumenta a agilidade e aumenta as contrações. E embora isso seja útil do ponto de vista atlético, é benéfica também no sentido sedentário quando aplicado aos intestinos.

Outra hipótese é que a cafeína acelera a produção do hormônio que estimula o cólon, que por sua vez excita a leitura de jornais em um certo cômodo fechado.

Mas, desde que os pesquisadores reproduziram o resultado usando o café descafeinado, essa hipótese perdeu força.

Você luta com muita força

Café qual brasileiro não gosta

O acréscimo de força é um dos muitos efeitos paralelos que a cafeína tem sobre o nosso corpo. Quando a adenosina é impedida de fazer conexões, seu cérebro entra numa condição de “luta ou evasão” suave.

Isso decisivamente libera adrenalina, o que faz o seu coração bater mais acelerado e forte, faz com que o açúcar seja lançado em sua corrente sanguínea.

Um efeito semelhante pode ser alcançado perto de um animal ameaçador, mas não é aconselhável.

Você se esforça muito

Café qual brasileiro não gosta

Outro efeito secundário do consumo de cafeína é alcançado com do aumento do fluxo sanguíneo.

Como o coração bate mais acelerado, o sangue se movimenta mais rápido através de seu corpo e pelos seus pulmões, aumentando a oxigenação, que é de importância crucial durante esforço e permite que os músculos funcionem de forma mais eficiente e com menos força.

A cafeína também acelera o metabolismo, o que significa que você queima mais calorias quando está fazendo nada.

Apesar disso, desista de emagrecer sem fazer nada, porque possíveis perdas de peso à base de cafeína são incertas.

Você se concentra

Café qual brasileiro não gosta

Ao desfalcar o sofá da adenosina, a cafeína é um tipo de facilitador para a serotonina, dopamina e outros neurotransmissores que auxiliam o cérebro a raciocinar consigo mesmo.

A noradrenalina é outro neurotransmissor que é lançado em várias partes do corpo e é muito bom para acelerar o funcionamento do cérebro e melhorar a concentração e recuperação de memória.

Ele também melhora a função muscular. Tudo muito bom se você estiver fugindo de um tigre ou terminar o relatório dentro do prazo.

Você se alivia

Café qual brasileiro não gosta

A cafeína é uma droga milagrosa. Um desses milagres se chama vasoconstritor. Muitas vezes, quando uma pessoa está sentindo dor de cabeça, os vasos sanguíneos em seu cérebro se abrem.

A cafeína contesta espontaneamente esse efeito, fazendo com que os vasos sanguíneos se contraiam, ajudando a diminuir a dor.

A cafeína é repetidamente acrescentada a remédios para enxaqueca e a combinação de cafeína com aspirina e paracetamol pode aliviar a dor em até 40% e majorar os preços dos medicamentos em 140%.

Você se vicia em cafeína

Café qual brasileiro não gosta

Infelizmente, para todos os efeitos positivos da cafeína no seu corpo, existem pontos negativos também.

Tal como ocorre com muitas drogas, a dosagem é a chave. Tudo até mesmo a água, pode fazer mal, se for consumida de forma exagerada.

Na maior parte das vezes, porém, não é o consumo exagerado de cafeína que origina os problemas pelo menos não a curto prazo, mas uma queda brusca no consumo.

Quando alguém consome altas doses de cafeína, o cérebro se adapta através da produção de mais receptores para adenosina. Isso induz um tipo de vício, uma vez que a pessoa fica suscetível aos sintomas de abstinência, incluindo dores de cabeça, irritabilidade, sonolência e dificuldade de concentração, para citar alguns dos mais agradáveis.

Levante a mão se isso soa como sua manhã antes de começar sua primeira xícara de café. Preocupante? Fica tranquilo, vai até a cozinha e sirva um café, depois volte aqui para terminar de ler este artigo.

Você vai muito ao banheiro

Café qual brasileiro não gosta

Tomar muito café, não só deixa um gosto mal na boca, ele também pode trazer consequências negativas no seu intestino.

A cafeína acelera a produção de ácido gástrico no estômago e estimula os músculos em seu intestino. Isso em regra acontece quando a cafeína é consumida com o estômago vazio e pode te levar ao banheiro nos horários mais inusitados, bagunçando assim o seu sistema digestivo.

Você não dorme

Café qual brasileiro não gosta

Apesar de que talvez possa demorar até 15 minutos para a cafeína começar a fazer efeito depois de entrar em seu organismo, ela pode levar até seis horas para sair.

E durante esse tempo, você estará sob sua influência. Isso é ótimo se você a ingerir no início de um longo turno, mas bem ruim se estiver pensando em dormir cedo.

Porque com todos esses hormônios extras e neurotransmissores flutuando pelo seu organismo, é improvável que você consiga manter os olhos fechados, e quando finalmente cair no sono, seu cérebro ficará menos tempo no sono REM a fase na qual acontecem os sonhos mais profundos.

Tudo isso gera fadiga, o que equivale a mais café. A cafeína com certeza usou uma tática de marketing dinâmica.

Você contrai osteoporose

Café qual brasileiro não gosta

Se você já se perguntou como é passar um ano na estação espacial internacional, a cafeína tem a resposta, pelo menos a uma das implicações desagradáveis ​​da viagem espacial. Isso porque um dos casos compartilhados por astronautas e as pessoas que consomem grandes quantidades de cafeína é a perda na densidade óssea.

As pessoas com maior risco são os idosos, é claro, mas é absolutamente uma probabilidade para alguém que gosta de artigos como este.

Fonte: Acredite ou Não!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *